Segmento de beleza é um dos que mais cresce em todo o país, revela pesquisa - Monitor Mercantil

CONJUNTURA

Segmento de beleza é um dos que mais cresce em todo o país, revela pesquisa

02/10/2012 - 10:39:57

As clínicas de estética e os salões beleza fazem parte de um mercado que não pára de crescer. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, ficando atrás apenas dos EUA e do Japão.

Com base nisso e a partir de um levantamento de mercado, feito pela Central Mailing List, especialista em fornecer banco de dados, ficou evidente que desde o ano de 2009, o crescimento deste segmento no Brasil, é de 250%. Isso se deve ao desenvolvimento da indústria, da adesão de novas tecnologias em tratamentos estéticos e principalmente ao surgimento de novos empreendedores no país.

Até o ano de 2009 no Brasil, o número de empresas deste segmento não passava de 59 mil, já no ano de 2011 os números foram para mais de 206 mil. E, para quem busca investir no ramo da beleza, pode apostar na região Norte do país, onde o mercado está menos aquecido neste segmento, representando apenas 4,6% deste setor, já Roraima conta com apenas 544 empresas; o Amapá, 554; e o Acre, 623.

Logo em seguida vem a região Centro-oeste com 10,3%, e o estado que mais se destaca, é o Distrito Federal, com 8420 mil empresas do ramo. Em seguida, destaca-se a região Sul que marca presença no ranking com 12,6%, sendo 10.839 mil estabelecimentos só Rio Grande do Sul. Mas, a região que lidera o ranking é o Sudeste, representando 52.8% de salões de cabeleireiros, clinicas de estéticas e de tratamento facial e corporal em todo o Brasil.

O Estado de São Paulo é o que lidera o ranking com número de 57.402 mil empresas registradas, liderando não apenas a região, mas também na colocação dos estados que mais se desenvolve no mercado. O setor da beleza investe cada vez mais em pesquisas de produtos e novidades para o consumidor. Este mercado está cada vez mais em alta tornando-se uma ótima alternativa para quem procura um setor de sucesso que gere muita lucratividade.

- A quantidades de estabelecimentos deste porte contribui para alavancar a economia e para a geração de emprego, já que trata-se de uma área que o desemprego é quase mínimo - revela Marcos Rodrigues, diretor da Central Mailing List.

Comentários

No momento, não há comentários. Para escrever o seu comentário, é necessário se autenticar.



Mais Notícias